logo IMeN

O CUSTO DE UMA ALIMENTAÇÃO ORGÂNICA

organicos

Mesmo com o crescente aumento da procura por alimentos orgânicos, o alto custo de uma dieta livre de agrotóxicos e ecologicamente correta, ainda é uma barreira para que essa prática seja difundida na população.


O custo dos alimentos orgânicos tende a ser maior, quando comparados àqueles produzidos nos padrões convencionais. Isso acontece por diversos fatores, dentre eles: 
A baixa
 escala de produção (para obedecer aos critérios de sustentabilidade);
Maiores custos com o transporte dos alimentos;
A lei da oferta e da procura (como a procura por alimentos orgânicos é maior do que a demanda, o preço do produto fica mais elevado);

 

Os preços dos alimentos orgânicos incluem, não só o custo da produção, mas também uma série de outros fatores que não existem no preço dos alimentos convencionais, como:

        • Melhoria e proteção ambiental e o fato de evitar futuras despesas com o controle da poluição;
        • Padrões melhores de bem-estar dos animais;
        • Prevenção de riscos contra a saúde dos fazendeiros devido ao manuseio inadequado de pesticidas, evitando futuras despesas médicas;
        • Desenvolvimento rural, gerando mais empregos nas fazendas e garantindo um rendimento justo e suficiente para os produtores

      Com o aumento da procura de alimentos e produtos orgânicos, esperam-se inovações na área tecnológica e na economia de escala, reduzindo os custos da produção, processamento, distribuição e comercialização dos produtos orgânicos.

       

      Fernanda Saccoletto
      Acadêmica de Nutrição - Universidade Anhembi Morumbi
      Priscila Moreira
      Nutricionista - Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia

      IMeN - Instituto de Metabolismo e Nutrição
      Rua Abílio Soares, 233 cj 53 • São Paulo • SP • Fone: (11) 3287-1800 • 3253-2966 • administracao@nutricaoclinica.com.br