logo IMeN

Ressecamento vaginal

Ressecamento vaginal, ou craurose vulvar é comum mas tratável, podendo ocorrer em qualquer idade, mais comumente após os 50 anos. Entre os sintomas estão uma sensação de queimação e desconforto vaginal, coceira, corrimento não usual, ou dor durante o sexo.
Existem diversas razões para o ressecamento vaginal, tanto psicológicas quanto físicas.  
O estrogênio ajuda a manter a vagina hidratada e a espessura do tecido vaginal, nesse sentido, o diagnóstico de vaginite atrófica é uma condição comum que pode acontecer quando os ovários produzem uma quantidade baixa de estrogênio, e isso inclui os sintomas proeminentes de ressecamento vaginal.
Na menopausa é classificado como síndrome geniturinária da menopausa
Pode também ocorrer com mulheres em uso de medicamentos que interferem nos hormônios reprodutivos e seu equilíbrio, como aqueles para tratar câncer de mama ou certos hormônios que liberam gonadotrofina coriônica.
O check up de rotina identifica o caminho do tratamento com sintomáticos e mudanças no estilo de vida e de alimentação.
A avaliação ginecológica completa, com exame clínico especializado e dosagens hormonais, pode auxiliar o médico na escolha da melhor terapia. A reposição hormonal, via oral ou com gel local, complementa a moderna terapia do ressecamento vaginal.

trans 
Get Adobe Flash player

IMeN - Instituto de Metabolismo e Nutrição
Rua Abílio Soares, 233 cj 53 • São Paulo • SP • Fone: (11) 3287-1800 • 3253-2966 • administracao@nutricaoclinica.com.br